Postado em 18/07/2019

Veterinária Jéssica Nascimento

✅ Você já viu ou tem um cachorrinho com calo no cotovelo?
A hiperqueratose é o aumento de espessura da pele, ela pode ocorrer na região do cotovelo dos cães, dando origem aos “calos de apoio”. Muito comum em cachorros de porte grande e idosos, a região fica mais espessa, sem pelos e com a pele mais grossa e escura. Saiba mais!

🤔 Por que surgem esses calos?
Os cotovelos são regiões com menos gordura que as demais e quando o animal se apoia nesta região (ao deitar e sentar) apenas a pele amortece o atrito entre o chão e o osso. Com isso, a pele começa a ficar mais espessa (devido o depósito de queratina) para compensar este impacto, gerando o aspecto de calo.

😰 Esses calos oferecem risco?
No geral não. Mas por se tratar de uma região bastante espessa, com pouco sensibilidade e desidratada, podem surgir rachaduras e machucados que podem passar desapercebidos. Portanto, é importante sempre estar atento a estas áreas para evitar que haja a evolução de algum machucado, levando a uma escara de decúbito e acabar evoluindo para feridas grandes.

🐶 Como evitar os calos no cotovelo nos cães?
Podemos evitar oferecendo um lugar macio para o animal se deitar, como camas e colchões. Ambientes como quintais geralmente têm o piso duro e com irregularidades, facilitando arranhões e, consequentemente, as escaras. Atenção também ao peso do seu cão, já que animais com sobrepeso sofrem impactos maiores. Para maiores informações, agende uma consulta com a gente ;)
Solicitar cotação
Mensagem enviada. Entraremos em contato com você em breve.